@2023 por Liliana Bezerra

Para ser inesquecível a cerimônia de casamento precisa ser leve, romântica, profunda e breve.

 

Como acontece?

O celebrante é responsável por fazer com que a cerimônia do seu casamento seja ou inesquecível, ou totalmente para se esquecer!

O casamento é um rito que expressa vida e o compromisso de amor entre duas pessoas que buscam a felicidade, um no outro. As cerimônias que eu realizo expressam alegria, criatividade e poesia. Eu escrevo um texto poético, alegre e divertido, sem perder o romantismo e a seriedade que uma cerimônia de casamento requer. Também personalizo os votos e alguns detalhes que farão da sua cerimônia, única.

 

Além da história e dos votos, eu ajudo os noivos a escreverem uma declaração de amor para que a troca das alianças aconteça com muita emoção, ternura e paixão. Para que uma cerimônia de casamento se torne inesquecível, ela precisa ser leve, romântica, profunda e breve, pois o valor está no que se fala e não no quanto se fala. As palavras devem falar ao coração das pessoas, por isso a cerimônia precisa ser poética, viva, fazendo sentido à todas as pessoas.

Um casamento não é o espaço apropriado para que perspectivas religiosas sejam defendidas. O celebrante deve ter bom senso e respeito, pois certamente haverá pessoas de confissões religiosas distintas, por isso, seu discurso deve se fundamentar nàquilo que une todo e qualquer ser humano, independente da sua religião: o amor.

Não é incomum as pessoas estarem em uma cerimônia de casamento pensando na festa, pois quase sempre as cerimônias de casamentos são enfadonhas, descontextualizadas e extremamente formais.

O meu compromisso como celebrante de casamento é oferecer uma experiência profunda e marcante, levando as pessoas a falarem da cerimônia na festa por aquilo que ouviram. As palavras ditas e a singeleza dos detalhes certamente farão da sua cerimônia, única.

Por fim, além de uma cerimônia que expressa profundamente a "cara" do casal, ela também terá EFEITO CIVIL. Por ser ministro e reverendo Presbiteriano Independente, o Estado me autoriza a celebrar casamentos com efeito civil. Uniremos, em um só dia, o amor, a fé e o reconhecimento do Estado para com a aliança de coração feita por vocês.

Veja alguns vídeos, clique aqui